domingo, 15 de janeiro de 2017

Partes do meu Bujo

Comecei o meu bujo com um Future Log:




 


Em seguida:


Compromissos do mês, tarefas e notas:  é uma página bem simples com o calendário do mês e dias importantes. Já nas tarefas coloco o que deve ser feito na semana mas com data flexível. As notas são acontecimentos que surgem durante a semana, não estava planejado. 

Notes to Self: essa página eu separei para escrever coisas pessoais sabe, sentimentos etc. 

 Gratitude Log: uma página para escrever sobre as coisas pelas quais sou grata. 

Hábitos: aqui eu faço um tracker dos meus hábitos. 
Leitura: claro que tinha que ter uma página para escrever o que leio um pouco diariamente. 

Metas do mês: aqui escrevo o que pretendo ler, assistir e fazer da vida durante o mês.

Metas da semana: no planner eu coloco todas as tarefas da semana com as prioridades destacadas.

Tarefas diárias: Nela eu listo tudo que tem para o dia, quando aparece algo mais também vou marcando, uso as chaves para ticar as tarefas e não esquecer de nada.

Blog: daí resolvi fazer um planejamento pro blog , como será feito eu ainda não defini, mas estou pensando em colocar no tracker.





quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Final de férias...

Olá !

 Minhas férias estão acabando e quero deixar um material pronto pra ir postando as criações do meu Bujo... Resolvi fazer fundo neutro para as fotos e também procurar aprender mais sobre fotografia...uma coisa leva a outra...kkkkk.
Como não conheço muito o assunto iniciei fazendo fundos neutros e coloridos para poder fazer a troca:


Preciso pesquisar também sobre iluminação pois, sempre acabo com uma baita sombra no lugar errado ou com um brilho que não deixa ver a imagem (como na foto acima).

Essa procura por uma imagem melhor foi originada nesta foto:


Precisei achar um fundo para aparecer melhor o meu Bullet Journal afinal, as conchas serão estudadas para fazer uma semana do ano...

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Publicações...


Tenho pesquisado muito sobre o bujo resolvi colocar neste espaço a minha inspiração e o que criei a partir dela, não tenho a pretensão de ser magnifica, apenas ter um diário on line que me ajude a acessar de qualquer lugar e melhorar os meus traços.
Percebo o quanto criar páginas novas para o meu bujo acalma e dá equilíbrio. Sempre gostei de desenhar, adoro aquarela e lápis de cor, estar juntando tudo isso com a minha necessidade de organização é maravilhoso!
Esse processo me ajuda com o TDAH, não consigo ficar parada e desenhando e pintando me dá paz.
Tentei de tudo, já tenho bastante idade...kkkkk. Fiz educação física na busca de melhorar a minha necessidade por movimentos e aliado ao fato de ter um cérebro disléxico, na verdade sempre tentei esconder essas minhas diferenças, mas a maturidade nos dá sabedoria e assumimos o que somos e o que queremos.
Fazer o bujo me obriga a pensar no que vou fazer durante a semana, me organiza (TDAH) e uso minha criatividade para desenhar esse processo todo, escolher um tema para cada semana e pensar como poderia decorar. Tenho usado muito a Nicole.journal como inspiração, vendo ela desenhar eu vou aprendendo um pouco mais muito mais e consigo lidar melhor com todas as outras tarefas do dia.

Esse é o vídeo de hoje, pura inspiração



Esse vídeo me fez pensar em utilizar um tracking com outro formato, normalmente eu coloco uma barra e marco os horários das 6h da manhã até às 12 h da noite, a princípio vou copiar esse para ver se funciona comigo. Dando certo eu vou criar algo pro meu bujo.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Comecei meu bujo de 2017...vou mostrar o mes de Janeiro...

Utilizei a folha pontilhada da deiadietrich.com (adoro as coisa que ela posta) e assim fui construindo mes a mes...

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Mas como fazer o bullet journal?

A ideia é que a partir do método de Carroll você possa anotar na sua agenda desde as tarefas diárias e mensais até seus sonhos e inspirações. O primeiro passo é criar um índice no início da agenda. Em seguida, enumere as páginas e coloque o que cada uma corresponde. Por exemplo: lista de compras na página 2, objetivos do semestre na página 6 e por ai vai. Ao acrescentar uma espécie de menu no seu caderno, você não precisa ficar procurando em qual página está o que.
Você pode mapear também sua lista de tarefas da semana ou do dia, como preferir. Lembrando que o objetivo é fazer o que é mais prático e que condiz com a sua rotina. Carroll sugere que você priorize as tarefas mensais, usando símbolos para indicar quais devem ser esquecidas, quais devem ser feitas nos próximos meses ou quais devem esperar por um tempo. É possível ver as explicações mais detalhadas neste vídeo. Mas como ressalta Levitin, não existe um método que funcione para todo mundo. O que a ciência comprova que funciona é externalizar seus pensamentos, anseios e objetivos de alguma forma, como isso será feito cabe a você.

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

What is the Bullet Journal?

Como já contei pra vocês eu tenho bastante dificuldade de me organizar...Não consigo ter apenas um local para marcar as atividades. Como gosto de fazer as coisas que uso ( isso me ocupa a cabeça...adoro um desafio) acabo sempre fazendo um novo local para registrar meus dias. Foi assim que acabei percebendo que um bullet journal poderia me fazer ser mais produtiva sem preder a criatividade e a vontade de estar sempre mudando. Para se aprofundar no assunto tem esse link também: http://bulletjournal.com/get-started/ Minha dislexia e TDAH vivem me pregando peça e com certeza esse método me ajudou muinto!